Notícias

Seleção Regular 2020.2 – Mestrado e Doutorado

O Programa de Pós-graduação em Engenharia de Computação (PPGEC) da Universidade de Pernambuco anuncia a abertura do processo de seleção para alunos regulares (turma 2020.2) do curso de MESTRADO E DOUTORADO.

Datas importantes podem ser encontradas no edital da seleção.

Maiores informações consultar o Edital Mestrado (disponível AQUI) e Edital Doutorado (disponível AQUI).

O Formulário de Inscrição deve ser preenchido, impresso, assinado e entregue na secretaria do programa.

Atenção: durante o preenchimento do formulário de inscrição indique no campo Orientador, três orientadores com os respectivos projetos de pesquisa do seu interesse, no seguinte formato:

  • Primeiro nome do 1o professor (código do projeto); Primeiro nome do 2o professor (código do 2o projeto); Primeiro nome do 3o professor (código do 3o projeto) 

Os projetos oferecidos pelo corpo docente na seleção em curso estão disponíveis na seção de Downloads do website.

O modelo da cata de recomendação pode ser acessado AQUI

Para informações sobre a Seleção Especial acesse AQUI

Contribuição da Tese de Doutorado do Acadêmico José Orlando Vieira Filho para a Engenharia Consultiva Nacional

A tese de doutorado do Acadêmico, Engenheiro e Professor José Orlando Vieira Filho contabiliza, até a data de 09/12/19, 27664 (vinte e sete mil seiscentos e sessenta e quatro) “downloads” na Biblioteca Digital da USP, sendo a campeã do “ranking” (mais que o dobro da 2ª colocada) das teses da Engenharia Civil, do diferenciado Programa de Pós-graduação entre as Universidades Brasileiras. Foi orientada pelo renomado pesquisador Professor Paulo Roberto do Lago Helene. O acervo dessa Biblioteca é indistintamente disponibilizado, “on line”, para o Brasil, França, Reino Unido e Espanha.

Sempre conjugando a docência com o exercício profissional da engenharia, José Orlando desenvolveu a sua pesquisa de cunho original nacional e internacionalmente, voltada para a aplicação na Engenharia da Construção Civil, especificamente para a “avaliação da resistência do concreto em uma estrutura”, por meio da “_extração de testemunhos de pequenas dimensões_”, trazendo um conhecimento novo para o meio técnico, em um campo que ainda se tinha dúvidas. Ele estudou os testemunhos tradicionais cilíndricos de 15x30cm, e de 10x20cm, inovando com os testemunhos de 7,5x15cm, 5x10cm e 2,5x5cm; conforme ilustração abaixo:

Levando em conta os resultados desta pesquisa, a ABNT NBR 7680-1, versão de fevereiro de 2015 (a qual cita a tese em apreço nas suas Referências e indica os referidos testemunhos no corpo do seu texto) quebrou um paradigma de mais de 30 anos, desde a sua criação, permitindo a utilização dos testemunhos de 7,5x15cm e de 5x10cm, citando ainda o de 2,5x5cm, embora não liberando o uso deste último. Segundo o Professor, a tendência é que na próxima revisão da norma seja liberado o uso deste último “minitestemunho” para os casos extremos de _peças delgadas e de alta densidade de armaduras_, considerando o uso, cada vez mais frequente, de concretos de elevadas resistências fabricados com “agregados de menores dimensões” e “pastas cada vez mais fortes”. Isso reduzirá a ocorrência de possíveis quebras e efeitos do “broqueamento” na extração dos mesmos, tornando esses “minitestemunhos” uma importante ferramenta para as _análises estruturais_ dessas peças esbeltas e
densamente armadas.

A utilização dos testemunhos de pequenas dimensões proporciona menores danos às estruturas, evitando ou minimizando o corte das armaduras das peças investigadas, permitindo, também, o aumento da amostragem e facilitando a obtenção do índice de esbeltez igual a 2, na avaliação de diminutas peças estruturais, eliminando mais um fator de correção nesta avaliação da resistência do concreto.

A grande procura pela tese deve-se principalmente aos casos:

* De _esclarecimento de dúvidas ou conflitos_ gerados pela não conformidade da resistência do concreto durante a execução da obra;
* Nos _projetos de ampliações e de novas utilizações_ de estruturas existentes;
* Nos projetos de _recuperação e reforço estrutural_;
* Nas _obras sinistradas_ e/ou com _comprometimento da segurança_ estrutural; e,
* Nos casos de _comportamento não esperado_ da estrutura em serviço.

A propósito da grande demanda por essas avaliações estruturais, a empresa de Consultoria JOVEngenharia realizou nos últimos 6 meses a extração de mais de 600 (seiscentos) testemunhos de concreto, em sua grande maioria do reduzido diâmetro de 50 mm, atendendo às solicitações de dezenas de empresas construtoras e de projetos e análises estruturais que atuam no Estado de Pernambuco.

  • José Orlando Vieira Filho é Engenheiro Civil e Prof. Adjunto da UPE, Prof.Adjunto Apos. da UFPE e UNICAP, Doutor em Engª Civil e Urbana pela EPUSP e Diretor da JOVEngenharia-Consultoria em Engenharia Civil.

Fonte: https://apeeng.com.br/2019/12/06/contribuicao-da-tese-de-doutorado-do-academico-jose-orlando-vieira-filho-para-a-engenharia-consultiva-nacional/

Pesquisa Poli – Situação de Acesso dos Alunos às Atividades Acadêmicas

Ajude a Poli a planejar suas próximas ações.

Você está sendo convidado(a) a participar de uma pesquisa desenvolvida pela Coordenação Setorial de Graduação da Escola Politécnica de Pernambuco. A finalidade das perguntas deste formulário é embasar estudos relativos à oferta de alguns componentes de forma semi-presencial e tais perguntas serão utilizadas APENAS para levantamentos estatísticos. Suas respostas são muito importantes para você e para a Instituição. Dedique algum tempo, cerca de 20 minutos, para respondê-las e, por favor, responda apenas uma vez este formulário.
Levantamento da Situação de Acesso Discente
De acordo com a lei Geral de Proteção de Dados, (Lei nº13.709/2018) informamos que os dados deste formulário passarão a formar parte de um registo informatizado da POLI/UPE. Ressaltamos que:

1. Suas informações pessoais não serão guardadas.
2. Nenhuma identificação em nenhum setor será guardada.
3. Nenhuma decisão acerca da oferta será tomada apenas com base nestes dados mas APENAS após ampla discussão com toda a comunidade acadêmica.

O prazo para respostas é até 16 de Junho de 2020.

Link: https://forms.gle/mvRo8XJmqdsWGBJf6

Acesso ao Coursera

Para facilitar ainda mais nossa vida, o Coursera disponibilizou um link onde alunos e professores da Poli podem se cadastrar diretamente no programa. A única exigência é que façam isso usando email institucional: @poli.br ou @ecomp.poli.br.

O link é: https://www.coursera.org/programs/escola-politecnica-da-universidade-de-pernambuco-on-coursera-zarp6